Sindrome do Achismo Cibernético

Eu x MSN!!!


Outro dia estava pensando: “faz tempo que não entro no MSN(uns 5 meses), entrarei então, não tenho nada pra fazer mesmo”. Qual foi minha surpresa ao descobrir que surpreendentemente, depois de tanto tempo, não encontrar absolutamente ninguém ‘on-line’. O que aconteceu? Ninguém mais entra no MSN? Perdeu a graça? Enfim descobriram que é melhor conversar olhos-nos-olhos do que teclar errado? Porra nenhuma. Ao encontrar uma ‘amiga’ na rua e entre conversa vai, conversa vem, resolvi perguntar o porquê de não encontrá-la mais no MSN. Eis que a mesma me responde:

- “ah, você tem que me chamar, porque fico offline”.

- Por que você fica offline?

- “ah, sabe como é, né. Fica toda hora alguém querendo falar comigo, aí eu finjo que não estou”!

Caraça mané, depois dessa fiquei com mais medo do MSN, eu juro que pensava que só quem dava ataque de estrelismo eram celebridades de 2ª categoria. Putz, agora veja só, as pessoas adicionam “geral” porque é legal(desculpem a rima) e depois simplesmente se cansam de todo mundo. Estamos passando por um surto de “achismo” desenfreado onde até naquele diacho de messenger, todo mundo se sente “A Celebridade”, ou seja, tá todo mundo “se achando”( nem todo mundo). Resumindo, o indivíduo sai convidando toooooddooooo o mundo, porque muitos contatos deve ser status, e depois se cansa deles. Então porque diabos adicionou? Um “oi” pelo menos e tchau, né!

Mas, como não sou muito chegado nesse tal de messenger e confesso, detesto ficar lendo as palavras erradas que as pessoas escrevem( como tem gente burra não e preguiçosa ), sim, porque pra muitas pessoas é mais fácil substituir acentos por letras, ou seja, no final das contas o indivíduo apertou a mesma quantidade ou mais de botões só porque não quis escrever a palavra certa. Aliás, é uma pena isso acontecer, já que os pais pagam colégio, o cara estuda durante anos um dos idiomas mais bonitos e complexos do mundo, pra depois... selecionar o “Migu”com quem se vai teclar erros de português.

Já se foi o tempo onde as pessoas conversavam cara a cara, olhando nos olhos, hoje em dia é assim, encontra-se a pessoa na rua depois de muito tempo sem vê-la:

- Oi, como tá?

- Tô bem e você?

- Sumido(a), hein!

- Pois é!

- Tem MSN, então tecla mais tarde comigo!

- Com certeza.

- Então ta, tchau, bjs!!!

É mais fácil teclar, do que falar?

Desculpa, prefiro do jeito antigo!

Então: “Viva a idiocratização da internet”! Z!

Comentários

  1. fatoimediato.blogger.com.br3 de maio de 2008 09:28

    Estrelismo...Isso me lembra algo.
    Me admiro vc se surpreender tanto,rs. Bjo grande!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas